terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Senta que lá vem história...

Bom dia cabecinhas de arco-íris \o/
Eu acho (por enquanto só acho) que vou ficar aí umas semaninhas sem postar. Ok, vou deixar uns posts prontos conforme a criatividade ajudar e vejo o que dá pra fazer já que na proxima terça, exatamente na terça *xora*, estou eu, novamente, entrando na faca. A quarta cirurgia que eu, sinceramente, espero que seja a ultima dos próximos 20 anos.
Pra explicar melhor o motivo de tanta futucação cirúrgica, vou contar minha histórinha[resumida] .

Estava eu, indo pra faculdade feliz e contente (num dia de prova- acham mesmo que eu estava contente?) de carona na moto de uma colega de classe,já que o onibus que me levava do nada cancelou o contrato de todo mundo e meu fusca sequer tinha forças para sair da garagem. Quando, numa curva que nem era a mais trash da estrada, batemos na lateral de um caminhão.
De repente eu estava sentada na pista vendo meu joelho, por dentro.
Foi um regaço total, minha amiga teve algumas veias cortadas e alguns musculos dilacerados na coxa. Eu quebrei uns 3 dedos no pé, uma fraturinha exposta  com direito a todos os ossos do joelho quebrados em várias partes e o úlmero (osso do ombro) moido.
Muitas horas depois, o médico conseguiu uma vaga num hospital onde não cortaria minha perna fora sem tentar consertar primeiro. Dei uma sorte enorme de ir pro hospital certo na hora certa, já que cai nas mãos de uma equipe de especialistas em fraturas e reconstrução de joelho.
Ossos remendados, ganhei uma placa e 8 pinos no ombro, mais uns 6 pinos no joelho e um fixador externo (uma gaiola, com menos ferros, só que bem maiores) que começava na coxa e terminava na canela. Foram quase 4 meses sem poder me mecher, meu casamento que estava marcado pra dezembro teve de ser adiado. O Joe se mudou parcialmente para a casa dos meus pais, já que era ele quem fazia os curativos e me punha na cadeira quando eu já podia sentar. Todos os dias ele chegava do trabalho, sentava do meu lado e só saia de lá para dormir.
No final desses 4 meses, tirei os fixadores e na semana seguinte estava na tortura....ops...fisioterapia. Reaprendi a andar, mas o joelho não dobrava. Aí fizeram a segunda cirurgia no joelho, não dobra assim tanta coisa, mas o bastante pra andar quase normalmente e fazer de tudo (menos ajoelhar e correr).
Agora, semana que vem, vão tirar os parafusinhos e a placa do ombro, que estão atrapalhando na movimentação, algo mais simples e mais tranquilo (espero) que as ultimas e depois, muita fisioterapia, de novo T.T .
Well, é isso... daqui uns dias eu reapareço XD
Bom carnaval pessoas e cuidado com caminhões malvados, se arrebentar é mais facil que concertar ;P

Um comentário:

Nik Coelho disse...

ô fuckk
mais uma cirurgia? nossa O.o

Boa sorte !!

Bjs