domingo, 21 de março de 2010

Ser cabelereiro...

Bem pessoas...Como muitos sabem, estou fazendo curso de cabelereiro. O que esta sendo um desafio a parte, porque, vamos combinar: cabelereiro nao é muito bem visto.
Alias, falemos a verdade: tem fama de caloteiro, desatualizado, "qualquer um pode montar um salao" e a maior (e talvez pior) das acusaçoes...Nao sabe o que faz.
Eu mesma nao frequento salao. Meus motivos sao simples: nenhuma cabelereira fez o que eu REALMENTE pedi que fosse feito, ja me deixaram esperando 40 minutos em um salao "de nome", empurram tratamentos para aumentar a conta no final e pra mim, o que faz mais diferença, nao entendem de tinta fantasia.

O que me motivou a fazer o curso é que eu levo jeito pra cabelo. Nao é nem questao de gostar, mas eu tinha tamanho ódio de salao que me obriguei a aprender tecnicas para fazer em mim mesma e nao ter que frequenta-los ou aturar um profissional que nao entendesse o que eu queria que fosse feito.

Resultado: adquiri habilidades, como por exemplo: fazer escova no meu proprio cabelo. Sem precisar parar ou cansar tanto os braços. E claro: sem ficar torto.
Tambem superei o medo de descolorir. Infelizmente (?) de tal modo que se tornou um processo natural.
E claro, em se tratando de tinturas: aprendi neutralizar cores ou disfarçar erros.

Pois bem...Estou fazendo o curso. Muitas coisas eu consegui reaproveitar, algumas sao atualizadas aos poucos. E varias eu nao sabia. Mesmo.
Por mais que se tenha experiencia tambem aprendi a ser humilde. A assumir que ninguem sabe tudo e que cara, testar nao é saber! É necessario estudar e ter segurança, ir treinando nos colegas para tentar dominar os assuntos.

Pasmem: o curso me obriga a estudar horrores! Muito mais que a faculdade, afinal é uma puta responsabilidade, estamos lidando com vidas, questoes biologicas, de saude! Tive aulas de anatomia, precisei estudar doenças e complicaçoes especificas do couro cabeludo, estou tendo aulas de bioquimica e faço pesquisas diarias, me atualizando em relaçao a produtos e tratamentos novos...Se voce quer ser realmente BOM nisso, nao pode parar 1 minuto sequer.
Ha profissionais de fundo de quintal? Sim. Aqueles que "leram" sobre o assunto na Marie Claire e acham que já sabem tudo sobre cabelo e tendencias.
E há aqueles que conhecem a estrutura capilar e dominam colorimetria. Mas nao porque viram na Criativa deste mes e sim porque estudam por bibliografia.

É dificil ser levada a serio. Voce nao tem ideia da reaçao das pessoas quando digo que estou fazendo o curso, muitos acham que nem precisa, porque é a realidade. Se tornou algo "facil demais" pra exigir uma formaçao.
Alias, boa parte dos "profissionais" atualmente sequer SAO profissionais! É uma area complicada, as pessoas realmente nao levam a serio, no sentido literal. Pensam que é só comprar o produto e aplicar do jeito que mandam as instruçoes...Pronto, virou profissional!

Estou na 3 semana de aula. Me mandaram pesquisar a composiçao quimica de todos os produtos que usamos no salao, assim como os tipos de alisamento e suas incompatibilidades.
Sou obrigada a carregar numa pasta, junto com minha maleta. Deu duvida? Consulte a pasta.
Nao é vergonha nenhuma e sim mostrar que procurou o assunto e pode ate nao lembrar, mas se precisar esta a disposiçao.

Eu nao quero ser uma "profissional" com aspas. Quero nao apenas refletir segurança na pessoa que confiou em mim como mostrar que ha motivos, que eu sei exatamente o que estou fazendo.
Cada dia que passa fica mais dificil. Estamos no treino, que é quando AINDA podemos errar e ter a oportunidade de aprender com as falhas. Ao entrar no estagio, errar nao sera opcional: ou seremos contratados ou teremos que refazer o curso.

Ser cabelereiro é muito alem da descoloraçao e corte channel. Estou adorando, levando super a serio, praticando o maximo, estudando horrores...Assim que acabar este farei tecnicas avançadas do que tiver e pretendo me especializar em coloraçao fantasia (o obvio), que é uma area super carente. Quem conhece é porque ou testa em si mesmo ou viu em algum lugar.

Cabe aqui uma reflexao. Eu mesma sempre fui contra salao por ter tido pessimas experiencias, contato com profissionais que nao tinham o minimo interesse em aprender e tentar algo novo. Ou que pensavam saber tudo. Ceus, como é frustrante a pessoa que pensa dominar todos os assuntos de uma area que a todo instante tem algo novo.

E agora estou do outro lado. Cara, é dificil. É trabalhoso. Exige demais! Especialmente porque temos uma fama horrivel por conta dos que levaram na brincadeira, ganhar confiança nesse meio nos custa muitas vezes anos de acerto, que pode ser ignorado com apenas 1 minuto de erro.

Mas eu espero honestamente um dia poder ser reconhecida e respeitada por fazer um trabalho serio e digno. Nao apenas pelo que farei certo, mas pelo que irei realizar de acordo com o que foi pedido. É isso que quero pra mim como cabelereira: ser aquela profissional que nao apenas faz bem, mas vai alem do que o cliente pediu. Superar as expectativas.

Porque no fim do dia, é o que importa! Dar segurança o suficiente pra pessoa me procurar porque sabe que eu faço o que ela quer.
Mesmo que seja um arco-iris com mechas desiguais! d:-P

E lembre-se sempre que para toda generalizaçao existe uma exceçao. Na duvida, pode me procurar, eu deixo! dx-D

Bem...Semana que vem tera um post especial! Ganhei credenciais pra Hair Brasil e estarei em SP visitando o evento! ^^
Estou bem feliz, pra mim é uma maneira de ter meu trabalho valorizado, alem da oportunidade! d:-D

7 comentários:

Sonia Therezinha disse...

Parabénsss...!!!
Com essa visão que você tem sobre o profisionalismo será uma excelente cabelereira!
Também amo cabelos e fiz um curso só para me aprofundar no assunto e amei.
Vá fundo e a fama você muda, sendo fiel aos seus princípios!!!
Bjsss...e sorteee...!!!

Nayara disse...

Parece que alguém finalmente está conseguindo se encontar profissionalmente! Que bom Djuli, as vezes creio que sou capaz de seguir pelo mesmo caminho. Boa sorte.

Queen of Madness disse...

Ai que foooodaaaa... com vc eu me cuidaria fácil....

Fui no salão por mega hair e pela primeira vez conheci alguem que entendia de tinta fantasia, ele pinta o cabelo da filha dele tambem, claro que ele usa a Jenas Color achando que é o máximo, mas, tadinho, ja foi um avanço...

ansuya disse...

nossa, olha, eu já achei cabeleleiros competentes... pena que eles não trabalham na cidade que eu moro =/

fico muito feliz que vc esteja fazendo esse curso.


jah pensei seriamente em fazer o curso de estetica, porem acabei decidindo pela informatica mesmo ><

espero que vc se dê muito bem!

Hannah disse...

eu tenho todos esses traumas que vc tinha...hoje só achei uma que corta decentemente.é bom que o mundo está ganhando uma nova profissional que entenda de cabelos coloridos e com o comprometimento que vc tem

snow white disse...

eu tinha desistido d ir a salão e meu cabelo tava lindo enoorme e minha avo acertava as pontinhas. + ai decidi ir pq me encheram o saco q eu precisava!!beem fuiii ...o cabeleireiro cortou todo torto e n tinha como acertar a solução era esperar crescer.Poxa ainda to esperando...ta fazendo 8 meses e ainda to com eles presos pq ainda ta curto na frente e meu rosto e redondo e tem um rodamuinho na testa ai ja viu neh? franja n rola.so uso cabelo preso e com tic tac! q horror!! poxa da tristeza n tenho+ meu cabelãoo! o pior foi q o cabeleireiro disse q era o corte da gisele. caraca sou gotica! pq quero aquele corte q n tem nada comigo e mesmo assim oq ele fez ta+ p poodle do q gisele.depois disso decidi a fazer um curso no senac de cabeleireira. e agora tb n irei+ a salão!! eles n respeitam o estilo da pessoa.

nataliaserena793 disse...

Nossa Djuli que maravilhoso esse curso,ano que vem vou fazer no senac os cursos de maquiagem e o de cabeleireiro e vejo que vou dar um duro danado nesses cursos,boa sorte e tudo de bom para voce nessa etapa em se tornar uma grande profissional no ramo da beleza!bjos