segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Mas hein???

Pois é.... olha eu aqui de novo...
Não vou desejar Feliz-Porra-Nenhuma pra ninguem... Isso enche o saco,sabe, até mesmo quando faltam algumas semanas para o aniversário desse tal de Jesus Cristo, o povo fica te dizendo isso...
Mas eis que, eu resolvi publicar uma coisinha por aqui...

Bom, não creio em ano novo nem nada disso, eles smplesmente zeram o calendário e começa tudo de novo, mas na verdade é tudo a mesma coisa, é igual quando vc joga Enduro no Atari, não tem fim, só muda as cores , uma hora está no escuro, então o dia clareia e está lá, você, na milésima bandeirada, que só se sabe porque é marcado em baixo, fora isso, nenhum jogo de Atari tinha fim, ano novo é assim... Tudo besteira pra vc consumir, se endividar, achar que vai emagrecer, arranjar namorado, casar, ter filhos, arranjar emprego e blá blá blá, por aí vai...

Como é de minha tradição comentar sobre a merda da sociedade, hoje eu vou falar sobre (adivinha só) POBRES TOSCOS!!!
Nem sempre ser pobre é ser tosco e nem sempre ser tosco é ser pobre, mas vou te contar, nada, nada mais tradicional em épocas festivas como os farofeiros... e hoje vou falar dos "Farofeiros"...

Sabe, eu morei na Praia Grande até meus 8 anos de idade, nessa época, tinha "N" parentes que nos amavam como se fossemos os melhores parentes do mundo, tudo porque meu pai tinha dinheiro e morávamos muito bem e NA PRAIA...
Eu tinha vergonha da minha familia, sem maldade, eles fediam a cachaça, levavam geladeiras de isopor pra praia com tudo o que vocês possam imaginar, até gelinho de groselha (aquelas coisinhas dentro de saquinhos plásticos que vc compra por R$ 0,20 centavos por ai)... Minha madrinha, exímia cozinheira desde 1800 e guaraná com rolha, fazia salgados e quitutes como se fosse formatura do exército, era terrivel comer aquilo com areia, sim, porque crianças brincam na areia e sujam as mãos, e coisa e tal...
Cerca de 90% da minha familia é alcoolatra por parte de pai, os outros 10% são viciados em substâncias ilícitas e tóxicas... Em suma, a familia do meu pai, é podre, é morfética, tudo sangue ruim, eles roubam, matam, e puxam cana entra ano, sai ano, alem de suas internações em clinicas para dependentes ou fraturas causadas pela bebida, afinal, o que bêudo faz de miór, é cair na sargeta...
(pra quem não notou, detesto meus parentes)... Pelo lado da minha mãe, a coisa é mais tranquila, tenho um tio meio surtado, um tio com desvio de caráter, vários primos cornos, mas nada agravante, não mesmo...
Mas as farofadas que vi nesse fim de ano, foram épicas...
E eu vou relata-las...

Queeeeeeeemmmmm foi o maldito desgraçado que descobriu que, colchão inflável serve de bóia coletiva???
Jesus, o que era aquilo, toda a caipirada de colchão inflável na praia... Foi tenso, imagine uma onda grande, vc mergulha e quando levanta, está em cima de um colchão com 5 negos em cima de vc...
É uma espécie de surf coletivo, Body Board de periferia...
Affff... achei uó...

Meu Deus, onde foram parar os espelhos da barangada???
Gente, tive um filho cedo e tenho estrias... Tenho celulite... Tô mega pançuda e to ridícula, sempre fui, mas agora to pior... Eu tenho espelho em casa, eu poupo as pessoas de verem tal desgraça, guarda pra vc suas deformidades, não compartilhe com as outras pessoas, sério, isso pode causar traumas irreversíveis...
Existem cangas, saias, shorts, retalhos de pano, sacos de supermercado, tantas opções de vc esconder essas coisas, maaaas nãããããõooo, o povo acha que abafa na praia se bizuntando com óleo Lisa e gratinando no sol, pegando queimaduras de 1° grau, aquele tom vermeio camarão ré-di-cu-lo e pagando de tchutchuca com um fio dental da Marisa...
Eu não preciso ver a bunda cheia de espinhas de uma gorda de 120 kg. dentro de uma calcinha que ficaria pequena em mim...

Pior são os grupos de aprendizes de alcoolatras, que estragam seus fígados ainda jovens e causam tumultos em todo lugar, passam o ano todo se matando pra alugar uma kitinete só para beberem e lavarem o apê de vômito por toda a temporada...
Eles fedem, sério, ora eles transpiram alcool pelos poros, ora eles fedem vômito e leite azedo...
Eles são mal educados, fedidos, incomodam e ainda são insuportáveis quando te abraçam derramando alguma bebida de 8° categoria te desejando Feliz-Porra-Qualquer da vida...

A chuva foi uma emoçaum a parte... Choveu muito, bastante, e o povo (aqueles que passaram o ano todo juntando o din din da kitinete) nadavam em meio a uma tempestade que tava varrendo a rua, com seus colchões infláveis fabulosos, com a garrafa PET cheia de batida de amendoim, e vamo que vamo pra praia, afinal, os caipiras da cidade sempre fazem isso, eles se matam , passam até 9 horas parados no trânsito pra isso, compram Engov em massa, aumentam 90% das vendas de miojo e Velho Barreiro nessa época do ano só para isso, curtir uma temporada na praia...

Um ultimo comentário (estou sem a tecla dos dois pontos) MULHER BONITA NAS PRAIAS DO LITORAL PAULISTA É MAIS DIFICIL DE ACHAR DO QUE UMA HIDRA DE LERNA OU O MONSTRO DO LAGO NESS !!!

Bem, termino aqui esse pequeno post e com uma diarréia descomunal, pra começar o ano bem, sabe...

4 comentários:

Nik Coelho disse...

Me lembrou a minha familia... tirando a parte do alcoolismo, só tenho um tio assim e é o que mais convivi lá em casa.

Boa sorte co ma diarréia e que bom que vc voltou ^^

Bjs

Djuli- Thats what she said disse...

Odeio praia.
Juro pra voce.
Pode ter gente linda, cheirosa, modelos da Malhaçao dispostos a tudo pra te dexar feliz e te agradar.

Nao adianta, eu ainda odeio.

Meu odio é tamanho que ja fui em praias artificiais e nem aquilo me convence.
Sol, areia e agua salgada é uó.

Nao vou mesmo.

nay disse...

queen, pq vc vive com diarreia? /sandy

AnaLu disse...

como pessoa do pessoa do sexo feminino e opção sexual hetero que sou! Eu me pergunto que diferença faz se não existe MULHER BONITA EM PRAIA PAULISTA? (ainda mais assim em letras garrafais)
ai me veio a dúvida..
seria Queen do gênero Drag queen?

bem escrito teu texto gostei.
mas não neguemos, todos temos um pouquim de farofeiro nessa vida. kkkk