segunda-feira, 4 de maio de 2009

Valor nas pequenas coisas da vida...

(Ainda rindo do post anterior)

Hoje me deu vontade de incitar coisas boas nas pessoas (não, não to surtada não)...
Tava me lembrando das coisas mais idiotas da vida que a gente acaba deixando pra trás quando cresce ou simplesmente perde a graça depois que a gente fica velho...
Vendo milhares de anuncios de Dia das Mães pelas lojas, tava lembrando do quanto a minha mãe ficava feliz com aquelas lembrancinhas que eu fazia na pré escola, mal pintadas com giz de cera, umas bolinhas de papel crepon em volta, uma foto tosca que a gente pegava escondido numa caixa do armário, um poeminha impresso num mimiógrafo borrado pelo excesso de alcool, um colar de macarrão padre-nosso pintado de guache...
Coisas simples demais, que só sendo mãe pra entender isso... Guardo todas essas bugingangas que meu filho me dava quando tava no prézinho, com muuuuuito amor...
E em aniversário, muita gente se preocupa em dar um mega presente e não percebe que um abraço apertado, aquele amigo que vc não via a séculos, um telefonema de um admirador, coisas tão bestas... E que fazem toda a diferença...
Pra mim, até as embalagens das coisas que ganhei tem um significado...
Tudo tem um grande significado...
Quantos banhos de chuva eu tomava quando era pequena e adoro os dias chuvosos e quentes e adoroooo chegar enxarcada em casa, nem ligo pro cabelo molhado, a água escorrendo gelada pro fundo da calcinha dando aquele arrepio...
Se melar tomando sorvete, com chantilly de bolo, andar descalço na grama, comprar um balão brilhante de gás hélio...

Eu ainda faço essas coisas... Alguns acham ridiculo porque já to quase nos 30 anos, outros acham engraçado que eu faça essas coisas e outros me acham abusada porque na minha idade eu deveria me portar como mulher e não como menina...
Nada me faz tão bem quanto ver vagalumes ou um gato... Posso estar no pior dia da minha vida, mas se vejo um gato ou um vagalume, esuqeço tudo e vou correr atras deles...
Em São Paulo não tem vagalumes, só no interior e sempre que vou para Campinas ou Sorocaba, fico procurando a noite toda por um vagalume brilhante no meio do mato...

E tem coisa melhor pra dar ou receber de presente do que um sentimento sincero???
Aquele abraço de quebrar os ossos, de tirar o ar dos pulmões... Um beijo apaixonado de quem você ama, um "obrigado", um afago, um elogio...
Poxa, hoje em dia tudo é recompensado com coisas caras e materias...
Um iPhone, um iPod, um notebook, uma roupa de marca...

Um dia desses meu pai perguntou o que eu quero da minha vida e eu simplesmente disse:
Uma torradeira e um juicer da tv...

Não tenho muitas das coisas simples que citei lá em cima mas, mesmo sendo raras as vezes que encontro algum amigo que eu realmente amo, cada vez que meu filho me presenteia com cartõezinhos de cartolina e imãs de geladeira e que ganho um beijo de faltar fôlego, percebo que a torradeira e o juicer são as coisas mais caras que eu quero da minha vida...

Faça alguma coisa estúpida, boba, que você fazia quando era criança... Duvido que você não vai se sentir mil vezes melhor...
Corre atras de um gatinho, mostre o dedo do meio pra alguem de fora do carro ou do ônibus, pague um pirulito pra alguma criança, faça bolinhos de chuva...
Faça qualquer coisa que seja simples mas muito significativa...
Faça seu dia melhor, tenho certeza que você vai fazer o dia de alguem ser melhor tambem...

^^

4 comentários:

The Moon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
The Moon disse...

Que bom ver esse entusiasmo!!!
Acompanho tua história pelo chat, e fico mto feliz de ver essa energia.

Sou assim tbm, posso estar na merda, mas se vejo um passaro tomando banho na poça de agua, uma borboleta, uma nuvém engraçada, eu fico feliz, me sinto leve.

Se todo mundo levasse as coisas, menos a ferro e fogo, não precisariamos de tantos remédios. Um abraço com amor, acalma mais que qualquer calmante, e sem efeitos colaterais ruins.

Eu fico imensamente feliz de saber que não sou a unica a me sentir VIVA com essas coisas.

bjão

Ericka C. disse...

eu quero um juicer também :3

Marcely disse...

Cara, que post mais lindo! =~
Amei, Queen... você tem razão. Eu amo presente de coração, adoro fazer coisas manuais pra dar! Envolve um esforço, eu faço personalizado, sabe? É outra coisa! É dar algo realmente pensado praquela pessoa! Eu também não tenho sonhos de ter carros, casas enormes. Tenho vontade de trabalhar no que gosto, morar num lugar frio e ter filhos. Só.
E eu adoro joguinhos, adoro poker, cartas, imagem e ação... adoro ver o povo reunido não porque marcou de se encontrar e falando coisas pra entreter, mas realmente entretido no jogo, eu acho mais divertido! ^^