sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Cabelos Coloridos x Sociedade

Nós adoramos ser corolidos, não temos duvida disso, mas a sociedade no geral implica com as nossas cores incomuns. Porque será? Gente, hoje o meu post é por razão de ter tido notícias frequentes sobre isso, na comunidade mesmo.
A Raki tá loira, linda e loira. Foi fazer uma entrevista de emprego e espero que ela consiga. O contra disso é que ela não vai poder usar as nossas cores normais, só o loiro ou os outros tons de cabelos naturais.
A Angell vai casar. Felicidades pra ela, pena que não estarie em SP quando isso acontecer. O padre que vai celebrar a cerimonia é conservador e ela ficou com medo dele não aceitar a cor que ela tava usando e então ela pintou de um vermelho/ruivo pra ver se o negócio colava. Nem, até assim o padre implicou com o cabelo dela. Ok, eu super apoio a Angell pintar o cabelo. Ela ia casar, mas por causa de um acidente ficou toda quebrada durante um tempão e o que ela mais queria ela teve que adiar. Dessa vez ela casa, nem que chova canivete, ( e a Queen estará lá linda e corolida batendo as fotos pra gente ver.) só que com uma cor comum.
Tem uma outra corolida que também foi fazer entrevista de emprego e parece que o negócio é babado, só que, adivinhem! Ela também vai ter que pintar o cabelo.
Eu tenho sorte nessa história. Tô trabalhando numa loja de bijouteria e tô com o cabelo roxo. A dona não implica nem um pouquinho, muito pelo contrário, eu tô escutando porque não venho trabalhar maquiada! Sabe, eu gostaria que todas essas corolidas fossem chamadas a atenção justamente por isso. “Poxa, mas cadê aquela tua maquiagem legal?!” “E aí, quando vais trocar a cor do teu cabelo?”. O Fato de não me privar de parte do que eu sou me faz uma pessoa mais produtiva no meu trabalho, afinal de contas no meu jeito singular eu acabo de uma certa forma, chamando a atenção das pessoas e por curiosidade, elas acabam entrando e olhando as coisas da loja.
Acho bom poder trabalhar com o meu cabelo colorido mas se fosse uma coisa que eu quisesse muito ou precisasse muito, eu voltaria para as cores normais. É uma questão de necessidades, mas claro, antes procuraria alternativas, se não tivesse saida eu pintaria sem problema nenhum, porque uma hora a gente cresce na vida (profissional) e ganhamos liberdade pra escolher como queremos e podemos trabalhar, tanto na maquiagem, quanto na roupa quanto no cabelo.
Besos :*

9 comentários:

Fanta Uva disse...

confesso que o meu post tá bem pobre, mas eu tinha que postar e hoje não vou ter tempo pra fazer uma coisa mais elaborada. =/

Marcely disse...

"uma hora a gente cresce na vida (profissional) e ganhamos liberdade pra escolher como queremos..."

Nem sempre isso acontece.
Eu só sei que se uma escola não aceitar meu cabelo eu escolho outra. Pra mim é o mesmo que dar aula numa escola que ensina que negros são seres inferiores ou que gays merecem morrer, não combino com o lugar e o lugar por sua vez não comigo.
Dei um exemplo extremo, mas é por aí, trabalhar num lugar cuja política e ponto de vista é contrário aos meus valores é o mesmo que vender minha alma (isso serve pra escolas, não qualquer emprego, porque em escolas a gente propaga as ideias "da empresa"). Fujo disso.
Trabalho é igual relacionamento.
É que nem embarcar num casamento em que você tem sonho de morar na Europa e o cara numa tribo africana. Ninguém muda ninguém e ambos ficam insatisfeitos.

Raki disse...

o emprego não rolou, e como eu pretendia fazer o arco iris já a um tempo, aproveitei a deixa e o fiz.
quando fui deixar o curriculo e foto no boticário eu tava de cabelo vermelho, mesmo assim me chamaram pra entrevista, mas nunca se sabe qual a deles, né...
de qq forma não rolou, então to corolida de volta zo/
e parabeens pelo trampo =**

Rafix disse...

Eui fui fazer entrevista na radio globo hj, e a mulher não falou nada do meu cabelo \o/, espero q continue assim

Viviz - Wicca® disse...

Eu só mudei pq enxi o saco de ficar descolorindo todo mes!
Mas como pinto c/ vermelho acobreado faço banho de brilho c/ as SE que restaram aqui!
Mas nunca tive problemas c/ o cabelo

Trabalho na mesma prefeitura há 3 anos e nunca implicaram c/ o meu cabelo!
Muito pelo contrário irou minha marca registrada!
E olha q sou Enfermeira e atendo o publico diretamente!

Mas infelizmente sei q se fosse p/ a prefeitura da capital teria que mudar!
Afinal todos esperam um "padrão" que infelizmente é hipócrita e discriminatório!

Hannah disse...

eu tou trabalhando com meu cabelo rosa e chefona adora meu cabelo,mas trabalho com documento velho e nem lido com o público...
agora nem sempre podemos fazer isso..

Lela disse...

Eu concordo com a Marcely mas eu sei que nem sempre podemos escolher. Eu mesma não posso "escolher" emprego pq preciso trabalhar pra sustentar meu filho, e não tenho carreira, profissão, então trabalho onde pagarem mais, literalmente.
Mas trabalho numa empresa grande, multinacional, em area operacional e não lido com cliente, e apesar do meu chefe não dar a mínima pro meu cabelo, nem nunca ter falado uma palavra a respeito da cor, todos na empresa olham "feio", isso qdo não falam mal pelas costas ou fazem piadinhas bobas. Sem falar que eu passo o Candy Apple Red e todo mundo insiste em falar "e esse seu cabelo ROSA?"

Marcely disse...

Se não é na empresa que te olham torto, é na rua, Lela. É o lado ruim de ter cabelo colorido. Se isso não te prejudica estar no cargo, seja feliz. Vai que você tivesse cabelo castanho e essas pessoas te tratassem bem... e fossem grandes amigos. Você gostaria de ser super amiga de uma pessoa dessas? Eu não! Melhor assim que você nem se decepciona, já filtra de cara xD

Deborah Ruiz disse...

Oi gente. Trabalho em uma loja de sapatilhas. Na entrevista minha chefe disse que nao se importava com a cor do meu cabelo que estava castanho e azul no dia. comecei a trabalhas estava loira. Agora sempre que falo de pintar o cabelo o marido da chefe qe tambem eh meu chefe --' fica meio assim e me chama de doida. me sinto ameacada. Nao sei o que fazer. eh um meio de me sentir aceita e feliz essa coisa de pintar os cabelos. Ja passei por isso antes e a gerente me mandou pintar e cortar e eu burra o fiz. mas nao quero fazer de novo. sei que no ramo de comercio eh bom ter essas coisas e chamar atencao pois as pessoas vao falar com voce ja conversam veem a loja e acabam ate levando algo. mas nem todos pensam assim. me ajudem por favor. bj.