terça-feira, 10 de novembro de 2009

Enésimo post de desabafo (meu 1º ainda)


Como 2ª postagem gostaria de escrever algo mais útil para vocês, mas é que ultimamente tenho andando bem revoltado com umas coisas... Vamos começar pelo começo, para que vocês entendam.

Começamos o 3º semestre, todo mundo feliz e conversando nas mesinhas da universidade. De repente (tchanran) um casal começa a se beijar numa mesa ao lado da nossa. Sinceramente, eu não vi nada de vulgar no modo como eles se beijavam, o que não serve de consolo porque pouquíssimas coisas me incomodam. Só que, talvez por inveja, algumas pessoas da nossa mesa começaram a falar mal do casal... ora... será que eles nunca viram um casal se beijando? Nunca se beijaram em público? Eu fiquei calado. Uma colega minha solta:

- Uma vez eu entrei num elevador e tinha um casal gay desse jeito.

A outra:

- Ave Maria! E ainda por cima gay?!

Eu: Por que “ainda por cima gay”?

Ela: Ah... é que não é normal!

Eu: É normal sim! Não tem nada de anormal nisso...

Ela: Não é não! A gente não tá acostumada a ver “essas coisas”...

Eu: Acho que você está querendo dizer que não é COMUM! Mas normal é sim! E comum também, porque hoje, pra onde você se vira tem casal gay se beijando em público! Eu mesmo beijo em público e nunca ninguém nem olhou torto!

Na verdade eu exagerei, algumas pessoas olhavam torto sim, mas eu não ligava! Hahaha. Em todo caso, meus amigos e minha família, todos sabem que sou gay. Era de se esperar o mínimo de bom senso de algumas pessoas. Enfim... quando a gente acha que as coisas estão melhorando aparece uma pessoa pra soltar uma dessas. Isso não é tudo.

Ainda semana passada estava passando os canais quando cai naquele programa “Casos de Família”. Programa interessantíssimo e de grande utilidade pública, ainda mais agora que trocaram a apresentadora. Minha vida se divide em duas partes: Antes de “Casos de Família” e Depois de “Casos de Família”. O tema do dia: VOCÊ NEM PARECE UMA MULHER, tema magnânimo. No meio do programa uma idiota da platéia (tomara que tenha um câncer!) levanta e começa a chamar uma das convidadas de SAPATÃO. Sabe o que apresentadora fez? Usou o mesmo termo (que nós sabemos não ser nada ofensivo) e começou a rir desvairadamente. Não que eu seja a favor da censura, mas tem certas coisas que deveriam ser proibidas de ir ao ar... ¬¬’

Ainda outro dia, na Record passou aquele programa do Geraldo (é esse o nome?) e o tema era homossexualidade. Eles convidaram pais e filhos gays, falaram sobre a reação dos pais ao saberem da “triste verdade”. Tinha uma psicóloga que, admito, era muito boa. Outras convidadas: Gretchen e Tamy. A Gretchen disse que se arrependia do dia em que viu a Tamy “vestida de homem” e não conseguiu abraçá-la, começou a chorar e pedir perdão para a filha... (ai ai... ela tocou meu coração ¬¬’) Daí um outro convidado, pastor, diz: Se um filho meu me contasse que era gay, eu não deixaria de amá-lo, mas contaria a ele os riscos que ele corria após a morte, do julgamento de Deus. Deus não criou um 3º sexo...

Eu acho que a pessoa pode ter a religião que quiser, mas PELO AMOR DE GREYSCOW, propagar a homofobia deveria ser criminalizado! Não tem condições de um PANACA ir à TV e falar uma coisa dessas e não acontecer nada! Eu já vi um evangélico gritando na rua: “O mundo está entregue às guerras, às drogas, aos HOMOSSEXUAIS!”. Ora, aí você reclama e eles dizem que é um dogma da religião ou sei lá o quê, e ficam se escondendo atrás das igrejas pra justificar a homofobia e o machismo! E ainda ficam fazendo campanha pra não legalizarem o casamento gay. O estado deveria ser laico (e é, apenas na teoria, mas é). Se os gays puderem se casar, não vão afetar em nada a vida desses desocupados, mas a nossa fica afetada pela perda de 37 direitos que diferencia o que é “casar” e “se juntar”.

No fundo, no fundo, a questão não é tão difícil de ser revertida. Admito que as coisas melhoraram muito nos últimos anos, mas ainda está longe do que deveria ser. O preconceito é algo que já está incrustado na sociedade, e nós crescemos no meio disso. Então não é só o branco que é racista, não é só o homem que é machista e não é só o heterossexual que é homofóbico. Mas quando falamos que a sociedade é assim, assada, idiota ou preconceituosa, não percebemos que nós fazemos parte disso.

Sou completamente a favor de proibir a divulgação de conteúdo homofóbico, assim como é proibido a divulgação de conteúdo racista. A começar por proibir aquelas piadas sem graça do Zorra Total usando termos como “Isso é uma bixooooona”. Ninguém usa termos como bixa, sapatão, veado, desde que não seja para ofender, e ofende!

Bem, é isso! Próxima semana vou tentar voltar aos meus temas de utilidade pública. Beijo, queijo e até próxima terça.

=*

36 comentários:

Queen of Madness disse...

Miguel, amei, amei seu post...
Eu tenho amigos gays, lésbicas, sou total flex, amo meninos e meninas e juro, odeio quem olha torto pra pessoas como nós...

Vamos dar um basta nisso...

U.U

oriahna disse...

bom, eu sou Hetero, mas não tenho nada contra quem não é.
E sabe, tem gente que não respeita nem mebro da família.
Por exemplo meu namorado tem um primo gay. conheci o cara a pouco tempo, mas ele é supr gente fina e um cara normal. mas durante o almoço na casa da familia dele, não pude deixar de perceber certas brincadeirinhas e piadinhas, até da mãe dele... ¬¬º que chato, é a mesma coisa que ficarem implicando com o filho gordinho, ou com a tia que fala errado, sei lá... coisa desagradavel ao máximo, por que humilha as pessoas...

Miguel de Biaso disse...

ah... que bom que gostaram, eu tive que escrever super rápido... haha. Mas é sério, a questão ainda não é tratada com a seriedade que merece. Só o que tem é pessoas que ficam dizendo não ter preconceito, mas soltam cada coisa triste... ¬¬'

angell disse...

Miguel, excelente post! Super concordo com sua visão, e apoio sim a proibição de conteudos homofóbico na TV!Só acho que se fosse proibir tudo o que há de ruim na tv, não teria tv...falta bom senso, e falta muito mesmo, nos programas de 99% das emissoras de canais abertos, é putaria em qualquer horario, bundas e peitos pulando pra fora da tela, fora os programas super 'educativos'.
Eu sinceramente não entendo a homofobia, oque que tem de mal uma pessoa amar outra? Que diferença faz se é homem ou mulher, já não basta amar, porra?!

Djuli- Thats what she said disse...

Vamos la: Eu sou bissexual desde sempre. Costumo falar que gosto de pessoas. Os unicos que nao sabem sao meus familiares, porque sao EXTREMAMENTE homofobicos. Uma vez meu amigo brincou comentando comigo:Ahn, voce gosta de meninos e de meninas!
Minha mae ouviu, me chamou no quarto chorando histerica e me obrigou a dementir com ameacas basicas.

A minha sorte e que na epoca eu tava gostando de um garoto e ela sabia. Entao foi ate facil dizer que era brincadeira.

Como muitos viram meu status do orkut consta como namorando. A verdade e que meu melhor amigo e gay, nao pode assumir ainda por conta da familia homofobica mas esta comecando a namorar um garoto. Pra disfarcar ele me pediu o favor. Eu super entendo porque assim a familia nao fica com tanta cobranca em cima, eles estao vendo que ele de certa forma esta comigo.

Nao e o ideal, logico. Uma hora a familia vai ter que saber, mas e tao complicado.

Eu prefiro ajuda-lo a mentir enquanto ele pensa em algo e se prepara pra sair da casa dos pais do que incentiva-lo a assumir e virar mais um caso de noticia policial.

Se eu que sou bi e estava gostando de um CARA quase fui expulsa de casa por considerar gostar de garotas, imagine ele!

Eu nem me digo liberal, mas simplesmente nao consigo entender porque a ideia de duas pessoas se gostarem causa tanta repulsa. Deve ser inveja da felicidade alheia, das pessoas se permitirem. Serio, so pode!

Cara, eu tenho tanto pra comentar sobre isso...hahahaha
Pra mim o assunto e infinito, se deixar vou longe...hehehe

Berserker disse...

Minha namorada costuma me chamar de homofóbico. Mas eu tenho o mínimo de conhecimento de mim mesmo para dizer que eu não sou. Tem uma porrada de gay que joga os lives de RPG que eu vou com a Queen e eu sempre respeitei os caras. Mas pessoas devo confessar, ver dois caras se beijando no meio de um local movimentado é no mínimo estranho. Ok, eu entendo a preferência sexual do cara, quando vejo ele meio agarrado com outro, da pra ver que são namorados e tal, mas o fato de ver duas pessoas do mesmo sexo dando uns amassos choca. Por mais que as pessoas digam que não, choca sim. A educação da nossa sociedade é baseada na cultura cristã. Não adianta como vc criou seu filho, a base ainda e cristã. Quer um exemplo? Você não pode se casar com seu irmão. Nem com sua mãe. Incesto para nós é tabu, mas no egito antigo era a coisa mais normal do mundo. Homossexualismo ainda é um tabu sim, mesmo nos dias de hoje. Em Roma vc era mal visto pela sociedade se não tivesse um escravo sexual de uso particular. Religião está intimamente ligado a esse fato. Como o Brasil é um país estremamente católico/protestante, sofremos por diversas vezes com pessoas homofóbicas. Não estou querendo criticar nenhum religioso, o fato é que a própria bíblia é homofóbica nesse aspecto.
Então tentem ver o outro lado: o ser humano encara com maus olhos tudo aquilo que não está acostumado, e, a maioria das pessoas não está acostumada a ver um casal dando uns amassos em um lugar movimentado, quanto mais um casal gay. Não tenham raiva dessas pessoas, apenas pensem que elas provavelmente nunca tiveram contato, ou amizade com um gay para saber que não existe nada de errado. E saiba que, a sociedade sempre foi assim, não vai ser hoje, amanhã e nem provavelmente daqui a 1 ano ela vai mudar. Alguns conceitos levam décadas para serem mudados.

Miguel de Biaso disse...

Desculpe, mas achei sua visão muito conformista!

Berserker disse...

Não me acho conformista, acho realista.

Miguel de Biaso disse...

As pessoas estranham pq são educadas para tal. E se forem educados para não estranharem? E por que que NÓS que temos que ver o outro lado se eles não tentam ver o nosso?

E eu não ligo a mínima se a pessoa se choca ou não. Se não quiser ver "tais coisas" que fique trancado em casa. Eu não vou deixar de beijar em público pq os outros se incomodam.

Djuli- Thats what she said disse...

Voce tocou numa parte do assunto discutivel!
Como falei, minha familia TODA (geraçoes inteiras!) sao homofobicos, de criançao catolica e tals...
Eu e minha irmã somos as UNICAS que nao somos assim.
Pelo contrario: minha irma é hetero, porem quase só tem amigos gays. Ta mais que acostumada...

Nós tinhamos tudo para ser homofobicos, considerando o modo como fomos criadas. E no entanto somos exceçao na familia.

Meus pais toleram meus amigos, fingem que nao se incomodam. Mas sei que no fundo eles sentem pena e nao gostam.
E o resto da minha familia nem fica perto. Nao chega a agredir, mas nao divide o mesmo espaço fisico.

Pra mim é absolutamente indiferente se sao dois caras, duas garotas ou um casal hetero se beijando. Nao muda nada na minha vida.

Alias, na de ninguem. É só passar reto.

Eu ME eduquei pra pensar dessa forma.
Quero nem imaginar como seria se eu tivesse aceitado a visao da minha familia, deve ser muito triste viver tao preocupado com essas coisas...

Valeska disse...

Esse é um assunto pra muitos posts...

Miguel, vc pode achar o pensamento do berseker conformista, mas tem que concordar que já é um avanço perto do pensamento da maioria da população.

Acredito que as coisas tendem a melhorar, gosto de ter essa visão otimista. Lógico que vai demorar, ainda mais com preconceitos tão enraizados. Mas mesmo assim, cada dia que passa, mais pessoas estão "acordando" pra essa realidade, de que homossexualismo não é "errado", feio, "sujo".

Anônimo disse...

Bem... Quem tem uma formação cristã realmente não gosta dessas coisas, mas também não é obrigado a odiar. A recomendação das igrejas nunca foi odiar nem recriminar gay nenhum, e sim tratar com carinho. Muito diferente do que espalham por aí, os cristãos homofóbicos são ignorantes. É verdade que existem padres e pastores igualmente ignorantes que são homofóbicos e acabam educando pessoas assim.

Falar que os homossexuais são privados de determinados direitos é demais, pois nada disso nunca foi direito de homossexuais para se sentirem privados disso. Casamento gay nunca foi permitido, a menos que apareça alguém desenterrando algum fato histórico que apenas a comunidade gay conhece, como aquelas que dizem que Jesus era gay e etc.

Na Roma antiga eles tinham escravos sexuais mas não eram casados com eles, além de Nero que era maluco e mandou cortar o piru de um escravo sexual e dar o nome da mulher dele que ele matou.

Todo gay pode se beijar em público. No caso do post, ninguém foi lá e impediu o ato. Se impedisse estaria fazendo errado. Mas as pessoas têm liberdade suficiente para terem suas opiniões e compartilhá-las entre-si.

Querem criminalizar se uma pessoa vê uma cena dessa e comenta que não gosta? Fascismo gay.

Não gosta de piada de gay? Realmente não é legal brincar com essas coisas porque tem gente que não gosta, fazer piada de preto também não. Piada de corno e etc... Piadas geralmente afetam muito quem se identifica com o personagem envolvido. Se for assim vai ter que proibir todo tipo de humor na televisão, assiste quem gosta.

Continue sendo gay ou bi, mas não obrigue as outras pessoas a gostarem disso.

Miguel de Biaso disse...

Não é a GOSTAR, mas a respeitar!!! E Valeska, eu admito sim que é um avanço. Mas voltando para o anônimo aí de cima, facismo não tem nada a ver com respeito, deve ser criminalizado SIM!!!

E Djuli, quando falo em educação, não é só a família que educa, mas admito que seu caso realmente é diferente, pois na realidade a família é a base da educação. Porém a nossa geração realmente está abrindo os olhos cada vez mais.
=]

Marcely disse...

"Só acho que se fosse proibir tudo o que há de ruim na tv não teria tv" hahahaha! Fato XD

Atrasada, nem sei se vão ler o que vou dizer, mas, acabei de dar unfollow num português "intelectual" que mandou um twit do tipo: "Sou contra homossexuais se casarem porque irão adotar crianças e crianças não são bichos de pelúcia."
Assim, por favor, QUAL O PROBLEMA de se ter pais gays? Ter pessoas como ele que vão criticar, só se for ¬¬
Eu fico revoltada com a burrice alheia, certas vezes, mas quando parte de alguém que teve certa educação chega a doer...

Marcely disse...

Aliás, eu sofri tanto por ter uma família machista, sofri abuso sexual e n coisas na minha "perfeita família hétero" que se pudesse escolher só ser gongada porque tenho "duas mães" ou "dois pais", eu escolheria sem pensar duas vezes! Me faria uma pessoa muito mais feliz do que sou hoje em dia, graças àqueles putos hipócritas religiosos fascistas com quem convivi.

Marcely disse...

E odeio essa visão conformista de merda. Acho até pior do que os fascistas, eles pelo menos são idiotas completos, não pela metade.

Como você disse: "As pessoas estranham pq são educadas para tal. E se forem educados para não estranharem? E por que que NÓS que temos que ver o outro lado se eles não tentam ver o nosso?"

Ontem quase fui cruscificada no chat porque disse que a gente não devia aceitar abusos de quem é preconceituoso pra ajudar a eliminar o preconceito. Disseram que sou sonhadora, mimada, vida-fácil, trezentas coisas.
É por gente conformada assim que o mundo não muda e não porque o mundo "sempre foi assim", o mundo mudou n vezes, mas não foi graças a pessoas que são acomodadas assim, com certeza. Por elas é que a coisa vai lenta da forma que vai ¬¬, pessoas acomodadas são mais atraso que os próprios preconceitusos, é o que eu acho.

Miguel de Biaso disse...

Marcely AMEI o seu comentário... e concordo com o que disse. As pessoas costumam dizer que não fazem nada porque as coisas não vão mudar, mas na verdade as coisas não vão mudar pq elas não fazem nada.

Marcely disse...

ô, miguel, amei a frase "As pessoas costumam dizer que não fazem nada porque as coisas não vão mudar, mas na verdade as coisas não vão mudar pq elas não fazem nada." Vou twittar xD

Anônimo disse...

Se vc sofreu abuso era porque o filhadaputa é um idiota mesmo, isso nao depende do cara ser gay, bi e etc. E isso nao esta dentro de nenhum dogma cristao.

E gay nao pode adotar crianca mesmo nao, isso é um absurdo. Como diria Raul Seixas: "O mundo foi feito tomada com plug. Tomada com tomada e plug com plug nao dá curto"

É Só por isso espertalhoes...

Marcely disse...

Anônimo aí de cima, ótimo argumento, viu? Realmente, por que nunca me citaram essa frase antes?? Faltam pessoas no mundo tão bem embasadas e cheia de argumentos válidos pra defender suas ideias assim...
Eu não sou tão esperta porque devo ter faltado nessa aula de argumentação no pré.

Miguel de Biaso disse...

Anônimo aí de cima [2] Você tocou meu coração... agora eu vejo o mundo com outros olhos *------*

Meu Deus... só dá pra fazer uma piada com um idiota desses. E outra: não nasci pra ser universitário~: não gosto de Raul Seixas!!!

Miguel de Biaso disse...

E MArcelly, pode twittar, mas quero direitos autorais... KKKKK
Brincadeira
xD

Anônimo disse...

O argumento é forte, a frase que está numa linguagem simples. Quem quiser entender que entenda, não vou mais jogar pérola aos porcos.

Marcely disse...

"O argumento é forte"
ai meu deuso!
Miguel, eu dei os direitos xD

Lorde_Loki disse...

Ah é seu post de desabafo, vc tem mais doque direito de levantar uma bandeira hipócrita! ninguém tem obrigação de ser 100% certo 100% do tempo e ninguém devia tentar! =D

Nota: wooow, e eu achando que só eu madrugava /\!

hairmodification disse...

sei que estou comentando meega atrasada de novo, mas esse post foi um dos mais legais que li por aqui...
poxa, tenho 2 primos gays (irmão e irmã) e são 2 das pessoas que mais amo no mundo. minha familia aceitou muito bem, felizmente não fui criada num ambiente homofóbico, sempre vamos nas paradas gays, até a minha vozinha vai. é lindo, acho que ela simboliza que todos podem, um dia, aceitar o homossexualismo como algo natural.
sou bissexual desde sempre, já fiquei com mulheres em publico e nao me importo muito com a reaçao alheia. (geralmente, punheteiros ficam querendo participar ¬¬)

maaaas, acho que a sala de aula nao é lá um ambiente pra ficar dando amasso. eu nao gosto de beijar em publico, tirando bares e boates, mas isso é coisa minha, também nao chega a ser super incomodo. e nao gosto de gente se amassando perto de mim, mas isso nao importa se é homem ou mulher, suruba, tanto faz.

Miguel de Biaso disse...

Anônimo... de fato uma pérola...

Anônimo disse...

Eu nao li isso nao... "de fato uma pérola" hahahahaha Vai estudar alguma coisa que presta, vc fica lendo Luiz Mott e nao aprende nada de importante.

Rafix disse...

só acho extremamente hipocrita nego falar de educação cristã, sociedade cristã e o escambau, mas a sociedade apoiar que o homem possa pegar varias mulheres,e ser o garanhão, e se a mulher faz isso eh puta. Por muito tempo a nossa sociedade viveu onde o homem podia trair a mulher a vontade, e se a mulher fizesse isso, quando descoberta ia pra rua com uma mão na frente e outra atras, a educação cristã nao apoia isso tb, mas essa conduta sempre foi aceita na sociedade. E outro que se dane que a maioria do povo brasileiro é catolico, como ja foi dito aí, o Brasil eh um estado laico, isso é livre de qualquer religião.. portanto se o cara nao eh cristão, catolico o escambal que for, e ele quiser ser gay ta no direito dele, porque a nossa constituição nao proibe o homossexualismo, a igreja católica é uma instituição completamente hipócrita, que eh abertamente contra o homessexualismo, mas eh o maior antro de pedófilos da face da terra ! E o vaticano faz de tudo pra esconder isso na maior cara de pau ! Nao pune nenhum padre que come criança A culpada da epidemia de AIDS na África é a igreja catolica, que assim como aqui no Brasil dificulta a distribuição de camisinhas pra o povo pobre, na ilusão que o mundo vai parar de fazer sexo, porque meia duzia de velhos hipocritas que ainda vivem na idade média, acha que o mundo inteiro tem que viver de acordo com o que eles pensam ! E o resultado disso são milhares de crianças abandonadas aí pedindo esmola na rua.

Anônimo disse...

Presta atenção, homossexualismo não é proibido. Nem pela igreja. Usar camisinha também não é proibido pela igreja, apenas não é apoiado. Isso significa que se vc usar camisinha e for católico, estará fazendo isso ciente de que está errado. Para o homossexualismo a mesma coisa.

Sobre esse negócio de homem ser garanhão e tal... "Conduta aceita na sociedade"... Ai vc vai de encontro ao movimento gay e de "diversidade sexual", porque eles também são a favor disso. Só que valendo pra homem e para mulher. Se vc acha isso massa empresta a sua namorada para seus amigos.

Esse lance de distribuição de camisinha e seringa para usar heroína e etc... Se chama de política de redução de danos, nunca funcionou. Pois é nesse caminho que vai esse lance de liberar a maconha, fizeram na suiça e holanda e estão voltando atrás.

Sobre os padres pedófilos, vc tem que ser sobre isso ao invés de falar só o que ouve. Leia Good Bye Good Man. Lá um agente da KGB admite que foram infiltrados vários agentes na igreja para recrutar APENAS seminaristas gays ou com algum desvio psicológico para entrar na igreja. Pra quê? Arruinar a instituição.

E o resultado disso tudo é um bando de ignorante que nem vc falando merda na internet sem idéias originais ou fundamentadas.

Anônimo disse...

eu acho que vc devia ter aulas de interpretação de texto, porque eu escrevi justamente o oposto do que vc entendeu, eu falei que sou contra isso de pegação geral, se o cara ta solteiro beleza, se ele namora ou eh casado não, antes de tudo ele tem que respeitar a pessoa com quem se relaciona, se ele for solteiro (a), aí tudo bem pega geral e pronto. Mas o que eu acho hipocrisia eh que quando o homem ou a mulher é solteiro (a) se pega geral o homem eh o comedor e a mulher se dá pra geral é puta !
Te garanto que se vc trair sua namorada ou esposa TALVEZ ela te perdoe, mas se ela te meter um chifre, duvido que vc perdoe

Rafix disse...

1) a KGB acabou junto com a URSS há 20 anos, e até hj existem padres pedofilos dentro da igreja.

2) a ultima merda que deu envolvendo padre pedofilo, e que a igreja catolica abafou,foi na Italia ha poucos anos atras, e que eu saiba a Itália NUNCA fez parte da URSS, portanto o que a KGB tem a ver com isso ?

acho que vc deveria ler mais sobre a união sovietica e a KGB, alias vc sabe o que foi a KGB ? ou ta repetindo igual a todos os religiosos que eu conheço, que falam mal dela, mas nem sabe o que significa ?

Berserker disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

A KGB mudou de nome, se chama FSB. O próprio Putin afirmou: "Não existe nada como ex-membro da KGB".

Claro que existem padres pedófilos, os colocados lá e os que sempre estiveram independente de qualquer coisa. Pois a igreja tem suas falhas como qualquer instituição.

Isso nunca aconteceu na URSS, país socialista ou comunista incentiva o ateísmo e proíbe religião. Não tinha igreja católica, quanto mais romana na URSS. A tradição russa sempre foi ortodoxa.

A KGB agia muito mais fora do que dentro da URSS. Eu disse que o objetivo era acabar com a instituição, cuja central é na Itália mas que se espalha pelo mundo.

Então fale bem da KGB já que vc sabe o que significa, fale das grandes vantagens que eles trouxeram para a humanidade.

Rafix disse...

Em nenhum momento eu defendi a KGB, nem a CIA ou qualquer agência de espionagem, ou disse que ela trouxe algum benefício ou maleficio pra humanidade, ela só cumpria o papel dela, como instituição do governo, como ate hj a CIA cumpre o seu papel nos EUA só que a diferença foi que quando o regime sovietico caiu, todas as instituições ligadas a ele cairam também, enquanto o regime dos EUA continua de pé até hj, e por isso que a CIA ainda existe e a KGB não, mas não há diferença nenhuma entre as duas
Agora todos os religiosos por recalque falam mal da KGB só porque ela queria um estado laico na URSS sem religião nenhuma e ela perseguia tudo quanto é merda de religião. Se fosse a CIA que fizesse isso, os recalcados religiosos falariam mal da CIA hj em dia e não da KGB

Anônimo disse...

Entendi o que vc quis dizer.

Mas o estado ser laico não significa que a população deve abandonar todas as religiões. Significa única e simplesmente que o estado não se baseia em preceitos religiosos. E religião não é merda.

Não pode falar assim. Se eu falasse que homossexualismo era merda ia aparecer nego querendo "criminalizar".