sexta-feira, 10 de abril de 2009

Texto de 2004. Não reparem. A citação é de Thomas Grey.


Tudo à minha volta é mansidão,
tudo é calma, tudo é paz.
Menos a minha alma,
menos o meu interior,
onde só existe angústia, ansiedade, aflição e medo...sim, o medo.
Medo do futuro, do presente, do passado...
Olho mais uma vez e vejo quietude,
e dentro de mim esse turbilhão que não posso, não consigo e não quero conter.
É o que faz com que me sinta viva.
Tanto ódio, tanto amor, tantas verdades, tantas mentiras...tudo se confunde.
Complementares, tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos...
E o medo, sempre ele,
que horas me impele e horas me retrai,
que tanto ajuda e também atrapalha...
E o mundo continua infernalmente plácido.
"A brilhante paisagem some diante de nossos olhos
E o ar tem um ar solene de silêncio."


-------

Desculpa quebrar o clima lindo q eu criei ca-ham mas eu queria complementar o post da Raki sobre escolha de cachorros. Se você tem crianças em casa tem que escolher bem a raça e não desgrudar o olho nem da criança e nem do cachorro. 5 minutos de distração foram suficientes para que acontecesse isso (na foto abaixo). Tomem cuidado.







Bom final de semana. =D

3 comentários:

Marcely disse...

Hahuahuahaah!
Tava tudo tão lindo e poético, até que chega a foto final... eu achando que ia ver algo terrível e... xDDD
Que fofo =3

Cherry disse...

asuhuashusauhsauh complementou com chave de ouro (?) o meu post sobre cães! essa foto explica mto!

Valeska disse...

E eu achando que tinha acontecido uma atrocidade no final... =P